Única empresa pública presente em todos 5.570 municípios brasileiros, há muito tempo os Correios deixaram de ser apenas um local para enviar encomendas e cartas para ser também o lugar onde o cidadão pode emitir o CPF ou solicitar o seguro DPVAT, por exemplo. Agora, com o Balcão do Cidadão, a estatal irá ampliar a oferta de serviços públicos e de conveniência nas agências de todo o Brasil.

Já lançado na Bahia, Distrito Federal, Minas Gerais, Amazonas, Paraíba, Sergipe e Piauí, nesta semana o Balcão do Cidadão chegou a mais 14 estados. Entre 26 e 29 de junho, a iniciativa chegou ao Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Norte, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Acre, Espírito Santo, Pernambuco e Roraima.

Com a ampliação de novas parcerias com a administração pública por exemplo, os mais de 11 mil pontos de atendimento dos Correios espalhados pelo país se tornam centrais de serviços do governo, locais onde os cidadãos podem encontrar serviços importantes e necessários no seu dia a dia, como retirar a identidade, dar entrada na aposentadoria, emitir passaporte. Assim, será possível gerar economia aos cofres públicos, encurtar distâncias e proporcionar comodidade e qualidade de vida aos brasileiros.

A presença física dos Correios, no entanto, não é a única vantagem oferecida pelo Balcão do Cidadão, já que o serviço tem também a sua vertente digital. Uma das possibilidades nesse sentido é a integração do Balcão do Cidadão com a Plataforma de Cidadania Digital, iniciativa do Ministério da Economia que prevê a modernização dos serviços públicos.

“Nas agências dos Correios, nós temos hoje a maior rede lógica, de computadores conectados, do Brasil”, destacou Washington. A ideia é proporcionar ao cidadão uma experiência multicanal (começando a utilizar o serviço público no canal físico e finalizando no digital, ou vice-versa) e facilitar a resolução de diferentes necessidades em um único ponto de atendimento.

Parcerias firmadas

Até o momento, foram assinados sete protocolos de intenções com governos estaduais e cinco, junto à órgãos públicos. No Rio de Janeiro, os Correios assinaram, em 26/6, protocolo de intenções com o DETRAN/RJ, que terá em cada agência da empresa um ponto de apoio para oferecer serviços públicos.

Em Porto Alegre, o Governo do Estado do Rio Grande do Sul também firmou parceria com os Correios para utilizar a infraestrutura e a capilaridade da estatal em prol do cidadão, exemplo de captação e validação de documentos, emissão de 2ª via, registro e entrega de documentos e captação de reclamações.

No Rio Grande do Norte, alguns projetos estão em andamento como a emissão de carteira de identidade, em parceria com o Instituto Técnico-Científico de Perícia do estado. “Será um passo decisivo para a democratização do atendimento do Itep e da emissão das carteiras de identidade. A nossa intenção é dobrar o número de atendimentos e isso será possível por meio da capilaridade dos Correios, empresa histórica e de credibilidade que possui toda uma rede preparada para o atendimento ao cidadão”, afirmou o diretor geral do Itep, Marcos Brandão.

No Ceará, foi feita a assinatura do protocolo de intenções com o Banco do Nordeste para a prestação de serviços financeiros nas agências dos Correios no estado. Já em Brasília, o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e a Telebras assinaram firmaram parceria com a estatal para o desenvolvimento de projetos voltados para conectividade e telecomunicações.

FONTE: http://blog.correios.com.br/correios/?p=50039

Powered by WPeMatico

Comentários