Os Correios lançaram dois Selos Personalizados pela reabertura da Catedral Metropolitana de Salvador. O lançamento que ocorreu no Pelourinho, capital baiana, na última sexta-feira (8), contou com a presença do Arcebispo Dom Murilo Krieger.

Disponíveis em breve nas agências de todo o país e também na loja virtual dos Correios, os selos foram criados a partir de fotografias da fachada e do interior da Igreja Catedral Metropolitana Transfiguração do Senhor. As fotos são de Sara Gomes, do interior da Catedral, e de Mateus Morbeck, da fachada.

 

Antiga capela do Colégio de Jesus da Bahia, o edifício foi entregue à Arquidiocese em 1765, por meio de provisão do rei de Portugal, D. José I, após a expulsão dos Padres da Companhia de Jesus das terras brasileiras e o confisco de todos os seus bens. Para lá se transferiu o Cabido da Sé (órgão colegiado de sacerdotes que auxiliavam o Arcebispo no governo da Arquidiocese), passando o templo a chamar-se comumente de Catedral. Em 1923, recebeu o título de Catedral Basílica de São Salvador. Nos inícios do século XX, por ocasião do projeto de reurbanização do centro da cidade, promovido por José Joaquim Seabra, foi planejada a demolição da Igreja da Sé. A partir de setembro de 1933, consumada a derrubada da Sé, a Catedral torna-se cumulativamente sede da Paróquia e Igreja Primacial do Brasil.

Após quase quatro anos fechado para restauração dos treze altares de sua nave, a Catedral foi reaberta em 14 de setembro de 2018, na Festa da Exaltação da Santa Cruz.

FONTE: http://blog.correios.com.br/correios/?p=49704

Powered by WPeMatico

Comentários